Precisa de ajuda com o seu projeto?

Fale com um de nossos especialistas em soluções corporativas

Pin It

Exibindo um único resultado

Alexander Girard

Alexander Girard tornou-se diretor de design da divisão têxtil da Herman Miller em 1952, em uma época em que os tecidos, especialmente no escritório, tendiam para o utilitário, monótono e sem feitio. “As pessoas teriam uma síncope se vissem cores brilhantes e puras”, Girard comentou na época.

Na Herman Miller, Girard tinha a liberdade para expressar-se. Com cores primárias, padrões geométricos concisos e um toque de humor, ele injetou alegria e espontaneidade em seus projetos. Durante seu mandato, criou mais de 300 designs têxteis em milhares de colorações, papéis de parede, gravuras, móveis e objetos. O trabalho de Girard com a Herman Miller continuou até 1973 e incluiu tornar o sistema Action Office mais interessante com uma série de tecidos decorativos para painéis

Nascido em Nova York e criado em Florença, Girard foi educado na Europa como arquiteto. Ele começou a praticar arquitetura e design de interiores no final dos anos 20. A exposição com sua curadoria para o Instituto de Artes de Detroit em 1949 — “Para a vida moderna”— celebrou o modernismo pós-guerra. Girard desenvolveu uma amizade com Charles Eames na década de 40, quando os dois perceberam que tinham coincidentemente projetado armários de rádio modernos quase idênticos, e ambos experimentaram com cadeiras plywood.

 

Ver tudo Esconder

Produtos do designer

Compre pelo WhatsApp
Entre em contato